quinta-feira, 11 de julho de 2013

Qual o tamanho do seu amor próprio?

Olá minhas magrelas, kk'
Como está a greve aí na cidade do Cêis?
Aqui no Espírito Santo, tá todo mundo em casa (ou quase todo mundo).

Eu participo de vários grupos no facebook e hoje em um deles teve uma polêmica a respeito de obesidade.
Tratava-se de um programa de tv, que fez uma entrevista com três gordinhas, que se diziam felizes e realizadas e que a gordura não era motivo de vergonha, que viviam bem e era vaidosas.

Uma certa pessoa compartilhou a matéria, e aí deu-se inicio a uma pequena discussão.
Umas diziam que era impossível elas serem felizes, que pessoas obesas são obesas exatamente pelo fato de terem se aceitado assim, teve gente que inclusive afirmou " Ninguem gosta de ser "gordo".

A pergunta que fica é a seguinte, Será mesmo, que temos que ser infelizes?  
Eu discordo de quem acha que gordo tem que ser triste e ter vergonha de ser quem é.

Existem pessoas que eram magras e engordaram (meu caso), mais existem pessoas que nasceram e cresceram mais gordinhas, e aí? elas tem que viver infelizes? Não sei vocês, mais eu acho que não.

O que falta pra muitas de nós é o amor próprio, as pessoas podem sim, ser felizes sendo gordas ou magras.
Alias eu conheço pessoas magras que não são satisfeitas com a forma física, tenho uma amiga que pesa uns 49kg e é maior que eu (mt magra), meu noivo tem 1.89 de altura e é magro pra cacete e quer ganhar massa muscular, então não venha me dizer que é o tamanho do meu corpo quem dita a minha felicidade, porque não é, eu sou feliz, sou amada e sou linda.

Eu quero emagrecer, porque no momento sinto dores nos joelhos, nas costas e ando tendo picos de pressão, sei que preciso emagrecer. 
Mais não preciso usar "burca" e nem me trancar em casa até emagrecer, rs'

E vocês, o que pensam?

Bjo, Bjo 
Até logo

8 comentários:

Amanda Borges disse...

Oii
eu penso como voce! Não é porque a pessoa tá acima do peso que tem que ser infeliz. Olhar no espelho e se sentir realmente contente com o que é, é pra poucos, e acho que é um dom.
O mais importante e saúde sempre né
beijos

jhully disse...

o importante e vc se sentir bem consigo mesmo,magra ou gorda...

Vivi disse...

Eu acho que poucas pessoas são infelizes só por serem gordas, mas também acho que nenhum gordo (a) é feliz com o próprio corpo. Nenhum(a) gordo(a) se olha no espelho, gosta do que vê e fica de boa, curtindo as sobras. Isso não é o q determina a felicidade ou infelicidade absoluta de ninguém, mas nesse ponto, nesse quesito eu acho sim que todxs xs gordxs são infelizes.
Beijão

Lívia disse...

Ei Laninha... assunto mesmo polêmico esse! Não acho que as pessoas gordas são infelizes somente por estarem gorda. Mas nunca vi alguém que estivesse satisfeito por ter alguns quilos a mais. O excesso de peso vai criando um ciclo que acaba levando a infelicidade: baixa auto estima, desvalorização pessoal, redução do convívio social, problemas de saúde e as vezes até redução da mobilidade... Não tenho dúvidas de que há melhor qualidade de vida quando o peso está normal.

Fabi Lange Brandes disse...

e tudo isso faz p0arte do processo natural que se chama viver............
beijos........

Patrícia Medeiros disse...

Aos olhos de nossa sociedade eu percebo que ninguém é perfeito (fisicamente, falando). Tipo, mesmo aquelas 'saradas', que teoricamente estão no auge da beleza para o concepção atual, tem algum defeito detectado. Pode ser, inclusive, a unha do dedinho do pé.

Sinceramente, eu acho isso absurdo. Não é a forma física que indica ou não o grau de felicidade de alguém. Tem pessoas gordas infelizes, como também, as que são muito felizes.

Eu estou acima do peso e quero emagrecer, sim. Mas, não deixo de viver, sair, paquerar ou seja lá o que for por isso... sou feliz, SIM. E não me escondo em uma burca também não. Pelo contrário, nós gordinhas temos que escolher a dedo aquilo que nos favores, exaltando o que temos de mais bonito.

Bjs!

Nathy disse...

Exatamente temos que ter amor próprio, eu era magra, depois gordinha e agora gorda, sempre sai, sempre namorei, mas não sou completamente feliz pois não me sinto bem, então decidi mudar.
Mas tenho uma amiga que é gorda e não liga, ta feliz, é casada, super estilosa, diz que odeia dieta, que não vai ficar sem comer o que gosta, a única coisa que faz é cuidar da saúde, não tem nada de diabete, colesterol, pressão, esta super bem.
Acho que a sociedade que sempre julga as pessoas...Assunto que rende em laninha...rs
Beijokas

Fabi Sereia disse...

Obrigada pela visita linda!Bom, sobre este assunto, minha opinião é a seguinte, como eu não nasci gordinha, eu engordei com o tempo, me sinto mal sim e a necessidade de emagrecer existe sim porque vou me sentir melhor nas roupas, vou estar com minha saúde melhor com certeza entre outros motivos.Mas eu posso falar somente sobre eu mesma, como os outros se sentem infelizmente foge à nossa alçada né??Beijãoo